quarta-feira, 9 de março de 2016

Após merenda, governo Alckmin desviará pão com mortadela para impedir passeata do PT no domingo

http://sensacionalista.uol.com.br/2016/03/08/apos-merenda-governo-alckmin-desviara-pao-com-mortadela-para-impedir-passeata-do-pt-no-domingo/


O governador de São Paulo Geraldo Alckmin anunciou hoje um plano para impedir que grupos ligados ao PT e apoiadores da presidente Dilma marchem na avenida Paulista no domingo.
Segundo o governador, o objetivo é impedir a violência. “O grupo pró-impeachment pediu para fazer a passeata bem antes”, disse ele. “Pelas minhas contas, deram entrada com o pedido em 31 de março de 1964.”
Para garantir que não haverá nenhum petista na Paulista, Alckmin acionou seus aliados que formam a Máfia da Merenda em São Paulo para desaparecer com todos os pães com mortadela que forem enviados aos manifestantes de vermelho.
Nesta mesma semana, o governador recebeu o apoio de ninguém menos que do ex-deputado Paulo Maluf, procurado pela Interpol. Maluf disse que apoia Alckmin na corrida pela Presidência e que São Paulo é um “oásis de honestidade”. Segundo testemunhas, Maluf teria ouvido esta frase durante uma visita a uma das escolas que está sem merenda. “A criança que disse que os governos de São Paulo são honestos parecia alucinar de fome”, disse uma testemunha.
M Zorzanelli

Nenhum comentário:

Postar um comentário